No último sábado estive em São Paulo para palestrar no CMS Brasil 2009, um evento promovido pelo pessoal do iMasters.

Essa é a segunda edição do evento que apresenta para um público de, aproximadamente, 500 pessoas algumas palestras sobre CMS. Esse ano as ferramentas em destaque foram Joomla!, Wordpress e o Drupal.

O evento contou com a participação de diversos palestrantes nacionais e 4 palestrantes internacionais, todos membros importantes das comunidades dessas ferramentas. Entre os palestrantes brasileiros estava eu e meus dois colegas do Drupal Brasil: Pedro Faria e Leonardo Silva.

Assisti a todas as palestras de Drupal e alguns pedaços de outras palestras.

Gostei muito das palestras que vi, e de forma especial gostei da palestra da Addison pois ela deixou claro alguns pontos mais ideológicos que a comunidade brasileira não costuma notar.

A Addison falou algo que sempre considerei fundamental e que ela considera a visão principal do Drupal: pessoas. Segundo ela o Drupal é um projeto que vai muito além da ferramenta, que foca as pessoas e o produto vai junto nesse processo.

Fora das palestras tive alguns papos interessantes com pessoas bem interessantes. Pude conhecer o Tiago Baeta do iMaster, pessoa muito bacana. Também pude bater um papo rápido com o Paulino Michelazzo da Fábrica Livre, que tem uma visão interessante do mercado nacional de desenvolvimento web.

A minha palestra foi a última do dia o que fez com que eu tivesse que dar uma corrida pois o auditório precisava ser preparado para outro evento (ou algo assim). Uma pena pois o pessoal tinha muitas perguntas legais.

Outra coisa que me diverti bastante foi correr de Kart com os outros palestrantes. Também conheci o Marco Gomes (Boo box) e o Alexandre Inagaki nessa mesma corrida.

Por fim, conheci um pouco mais de São Paulo e tive, de forma definitiva, que não gostaria nunca de morar lá (apesar das boas oportunidades que se apresentam lá).

On the next weekend I'll be in São Paulo for the CMS Brasil 2009.

The CMS Brasil is an event which brings some discussions about CMS's. This year there will be speeches about Drupal, Joomla and Wordpress (the last one, IMHO, isn't a CMS, but there's a lot of people using it that way).

I was invited to speak and my speech will be, of course, about Drupal. My speech will focuses on building portals with Drupal and I hope show how easy is to do that with Drupal.

As a bonus we will have some foringer speakers, and representign Drupal we will listen to Addison Berry, Drupal documentation leader.

The event seems to be very good and I hope to meet the guys from Drupal Brasil ( Pedro and Leo will have a speech too).

I don't know if it's possible to get a ticket, but for those that will be there, see you then!

No próximo sábado vou estar em São Paulo para o CMS Brasil 2009.

O CMS Brasil é um evento que traz plaestrantes sobre diversos CMS's. Esse ano haverão palestras sobre Drupal, Joomla e Wordpress (esse último não é um CMS, na minha opinião, mas tem gente usando como tal).

Fui convidado a palestrar e irei falar, obviamente, de Drupal. Minha palestra será sobre construção de portais com Drupal  e espero mostrar um pouco como executar a tarefa.

Como bônus vamos ter a presença de palestrantes internacionais, e no caso do Drupal da Addison Berry, chefe da documentação do Drupal.

O evento promete ser muito bom e espero encontrar o pessoal do Drupal Brasil (o Pedro e o Leo também vão palestrar).

Não sei se ainda dá para se inscrever, mas aos que forem, até lá.

Few time ago I've tried to start writing in english but it didn't work and I quit.

Now I started studying english and decided to give a new try on write in english, this time using the resources of Drupal.

It will be, in most part of time, translations of the texts I write in portuguese from now on. The old texts won't be translated.

My english still not so good as I would, but I hope to be understood.

For who see this site in english, this will be the first visible post, for who see this site in portuguese, the other texts still there.

Há um tempo atrás eu tentei começar a escrever em inglês. Na época não deu muito certo e eu acabei desistindo.

Como atualmente estou estudando inglês, resolvi tentar novamente escrever em inglês, dessa vez usando os recursos do Drupal.

Serão, em geral, traduções dos textos em português que eu escrever daqui pra frente. Os textos antigos não serão traduzidos.

O meu inglês ainda não é tão bom quanto eu gostaria, mas espero que eu consiga me comunicar.

Para quem vê esse site em inglês, esse será o primeiro post visível, para quem vê em portugês, todos os outros continuam disponíveis.

Lendo esse post do Károly Négyesi (não me peça para pronunciar isso pois não faço idéia de como seria) me toquei que também estou fazendo 5 anos de uso e desenvolvimento com Drupal!

Comecei a mexer com o Drupal em 2003/2004 quando ainda trabalhava na Intertexto como programador. Naquela época o Orzenil apresentou o Drupal como uma possível ferramenta para a construção de sites (meu trabalho então) na empresa.

O Drupal estava na sua versão 4.4 (ou 4.2, não lembro direito) e estava deixando a desejar em vários pontos, e acabamos não o usando plenamente. Naquela época ele fazia uso da Xtemplate uma engine nojenta para construção de temas o que tomou muito tempo e tornou as coisas cansativas.

Depois disso, em 2005, criei o Drupal Brasil. Um site que começou pequenino e acabou virando a maior referência de Drupal em língua portuguesa (nada oficial, mas não achei nada que mostre o contrário). Hoje o Drupal Brasil tem mais de 4800 usuários e é uma comunidade ativa e vibrante que faz muito pelo Drupal no Brasil. Estão programadas algumas mudanças que virão, se Deus quiser, ainda esse mês!

Esse ano, como já disse algumas vezes no Twitter, é o ano do Drupal na minha vida. Já ministrei dois treinamentos Mão na Massa, tenho mais um agendado para junhoe, e, também em junho, uma palestra no CMS Brasil. Isso sem contar nos módulos que estou desenvolvendo e nos projetos que fui convidado a participar.

Infelizmente não consegui introduzir o Drupal na empresa (governamental) na qual trabalho por questões políticas (o que, no governo, não é política não é mesmo?). Isso é um ponto que me deixa um pouco chateado mas consigo viver com isso ainda por um tempo.

No fim, como disse o Károly o Drupal me deu muitas coisas e eu espero ter respondido à altura.

Esse fim de semana aconteceu em São Paulo mais um treinamento Mão na Massa Drupal.

Essa foi a quarta edição e com um bom número de participantes. A turma conseguiu acompanhar bem e trouxeram muitas dúvidas que acho que são do público que está se introduzindo ao Drupal.

Houve também uma grande pergunta sobre temas e módulos, o que me faz pensar se já não está na hora de termos um Mão na Massa mais avançado. O que vocês acham?

De quebra, dessa vez eu conheci pessoalmente o colega Leonardo Silva, que junto comigo e outros colegas administramos o Drupal Brasil. Foi um momento legal, botamos alguns papos em dia.

Em breve teremos novidades para outros treinamentos, se tudo der certo, e como sempre irei avisá-los.

Não é (ou não deveria ser) nenhuma novidade que há alguns dias atrás saiu a versão 8 do Internet Explorer.

Não gosto dos produtos da Microsoft, muito menos o Internet Explorer pois, esse último, afeta diretamente o meu trabalho de forma negativa (na maioria daz vezes).

Todo desenvolvedor web que se preze deve saber que o Internet Explorer, especialmente a versão 6, não segue os padrões da web e exige varios hacks para funcionar corretamente.

Não testei ainda a versão 8, mas duvido muito que ela seja muito melhor que a versão 7. Penso assim porque a Microsoft tem o péssimo hábito de demorar demais para melhorar seus produtos. No entanto uma coisa posso afirmar a respeito dessa versão, mesmo sem ter testado: ela é, com certeza, melhor que a versão 6.

Agora temos duas versões à frente do IE 6 o que me desobriga a suportar tal versão. Digo isso sem medo, pois em todo lugar (vide um post que fiz alguns dias atrás e também a página principal do Yahoo! Brasil) há anúncios da nova versão. Isso sem contar o Windows Update.

Assim, entendo eu (ainda que alguns me considerem radical) que, quem está usando ainda o IE 6 escolheu, deliberadamente, usar esse "navegador" ou é obrigado (seja lá pelo que for, não cabe discutir isso aqui).

Assim, não esperem que esse site, ou qualquer outro que eu venha a fazer daqui para a frente, funcione no Internet Explorer 6. Esse navegador está morto, e enterrado! Aleluia!

Quem me acompanha no Twitter deve ter visto que me empolguei hoje ouvindo as músicas da banda 8 Bit Instrumental.

Para quem, como eu (até hoje de manhã), não conhece, a banda é especializada em tocar músicas de jogos de videogame (pelo que eu vi, nem todos de 8 bits).

Os álbuns deles estão todos disponíveis para download. Todos com músicas de videogame e com nomes bem interessantes.

Já tinha visto outras bandas que tocam música de jogos de videogame, mas essa é a primeira que gostei bastante.

Fica a dica para quem gosta de videogame e que, como eu, sente saudades de Super Nintendo, Mega Drive e Cia.

Ouvir isso hoje fez meu dia mais feliz e saudosista

Dia 25 de abril acontecerá, em São Paulo, mais um treinamento Mão na Massa Drupal.

Para quem não conhece os treinamentos Mão na Massa são treinamentos de 1 dia, no qual tratamos alguns tópicos da instalação e configuração do Drupal. O treinamento é promovido pela Tempo Real, e eu, obviamente, sou o ministrante.

O público alvo desse treinamento são pessoas que têm interesse em conhecer melhor a ferramenta e aprender a configurá-la para um uso imediato.

Estou em negociação para um treinamento avançado, mas ainda não há ementa nem data acertados ainda.

Quem desejar fazer esse treinamento, corra, pois as vagas são limitadas e o período com descontos acabará em breve.

Páginas