Olá a todos!

O WebPHP mudou de endereço. Isso tudo por culpa do orgão brasileiro de registro de domínios(www.registro.br).

Nó último mês recebi a notificação de que o CNPJ que eu usava para registrar os meus domínios nesse órgão não estava mais valendo. Até aí tudo bem, pois eu imaginava que isso fosse acontecer(a empresa fechou). Mas na hora que quis transferir os domínios para outra empresa, me foi solicitada a documentação da empresa que fechou e a da nova empresa... mas eu não tinha a da empresa que fechou(afinal, ela fechou). Assim sendo tive que deixar que todos meus domínios fossem cancelados.
Achei que logo eles estariam livres para registro... mas depois descobri que a liberação para registro só acontece em outubro.

Depois de tudo isso decidi não mais usar domínios nacionais pois essa burocracia, na minha opinião, não deveria existir e só serve para atrapalhar a vida das pessoas. Estou conformado com a perda do domínio, mas não com o fato das coisas serem burocráticas.

Registrei um domínio com meu nome(www.rafaelsilva.net) e essa vai ser a nova morada do meu blog/site.

Uma outra novidade é que agora o WebPHP é totalmente movido a Drupal. Eu consegui importar todo o conteúdo do b2evolution, com pouco erro(tive que fazer o módulo e estava meio sem paciência de importar tudo em detalhes).
Assim sendo, o conteúdo está todo aqui, mas as URLs antigas estão perdidas. Vou tentar compatibilizar, mas não tenho certeza se será possível.
A url de sindicalização RSS também mudou, o endereço agora é: http://rafaelsilva.net/rss.xml

Por fim, com esse problema dos domínios, o Drupal Brasil também mudou de endereço para um endereço mais conveniente: www.drupal-br.org

Agradeço a todos pela compreensão.

Abraços!

Olá a todos!

Esse fim de semana estive mexendo na minha máquia em casa e no serviço e consegui fazer funcionar o XGL em conjunto com Compiz!

Para muitos é "frescura", mas achei muito bonito os efeitos oferecidos pelas ferramentas! Eu, que tinha tanta inveja do viusal do MacOS X, agora posso me orgulhar de ter uma máquina que está chegando cada vez mais perto(ao menos no visual hehe).

Tirei algumas screenshots que estão abaixo. Essas screenshots são da minha máquina no trabalho, mas em casa consegui o mesmo efeito.
Tive alguns problemas para instalar pois a minha máquina é uma Debian Sid(Unstable) e por algum motivo o Xgl dava um erro de font 'fixed' que resolvi adicionando um parâmetro (-fp <caminho da fonte>).
Ainda estou com um problema: não consigo configurar o compiz no gconf... simplismente não aparece as opções de edição para os elementos em screen0(eles não são criados automaticamente).

Espero com o tempo resolver esses problemas e espero que os pacotes entrem logo nos respoitórios do Debian, afinal esse negócio de ficar usando rpm com alien não me parece lá grande coisa.

Agora, os screenshots:

Ambiente virtual em forma de cubo
Cubo

Ambiente virtual em forma de cubo visto de baixo
Cubo

Ambiente virtual em forma de cubo com vídeo no canto
Cubo passando vídeo

Efeito estilo exposè onde todas as janelas no ambiente são mostradas lado-a-lado
Efeito exposè

Janela grudada na lateral
Janela grudada

Janela grudada na lateral e topo
Janela grudada

Minimizando uma janela
Minimizando janela

Efeito de transparência
Transparência

Efeito de transparência com vídeo sendo executado ao fundo
Transparência com vídeo ao fundo

Olá a todos!

Hoje tive criar uma solução para inibir os constantes spams no meu site. Muitos posts vinham sendo adicionados por robôs e por isso adicionei hoje um sistema anti-robô chamado captcha(também conhecido como imagem de validação).
Sei da deficiência desse sistema para pessoas que não têm condição de exergar, mas, infelizmente, por enquanto esse será o meio usado para evitar o spam.

Espero a compreensão de todos!

Grande abraço!

Olá a todos!

Hoje voltei do 7º Fórum Internacional de Sofware Livre.
Como sempre, o FISL foi muito produtivo(tirando algumas palestras que desapontaram).

No primeiro dia ocorreram problemas na distribuição dos crachás(principalmente das pessoas que utilizaram empenho para pagar suas inscrições). Por conta disso perdi duas palestras pela manhã("Plone & i18n: Internacionalização da interface e conteúdo" e "Comparando PostgreSQL e MySQL: Desempenho de Aplicações Transacionais"). Isso me deixou um bocado triste, pois eram duas palestras que estava com vontade de ver.

Nos demais dias tudo correu bem, com algumas ressalvas à terrível palestra "Produtividade máxima: Java? Ruby??" de Paulo Jerônimo. Eu tinha grande expectativa sobre o tema, mas a palestra foi um belo fiasco com uma comparação muito pobre sobre Ruby e Java que não acrescentou nada ao que eu já sabia. A palestra provocou a revolta de alguns que assistiam e muita gente saiu antes do fim da mesma(incluindo eu mesmo e alguns amigos).

Um outro ponto que deixou bastante a desejar foi o local escolhido para a realização do evento. O local em sí é muito bom, mas a distância da cidade, deixou muitos reféns dos taxistas que stavam abusando no valor das corridas. O valor da comida no local do evento (praticamente único lugar para se comer) estava abusivo R$ 15 por pessoa(considerando que dentro da FIERGS o mesmo restaurante vendia a R$ 8,00 mas só para "funcionários").

Esses pontos deixaram o fórum desse ano menos interessante para mim, mas mesmo assim valeu a pena.

Dou destaque a palestras muito boas como:

  • "Grades computacionais livres" de Juliano Freitas da Silva
  • "Migrando de Oracle para PostgreSQL" de Fabio Telles Rodrigues e Fernando Ike de Oliveira
  • "Demos of the new developments of Gnome and Mono Plataforms" de Miguel de Icaza (palestra com demonstração do uso de XGL que arrancou aplausos da platéia)
  • "The Subversion API" de Greg Stein

No resultado geral, o fórum foi muito bom para mim. Espero que os próximos voltem a ser realizados na PUC ou ainda num local mais perto da cidade.
Também espero poder participar dos próximos hehe.

Abraço a todos!

Olá a todos!

Estou anunciando oficialmente aqui que, a partir desse mês, vou ficar por algum tempo sem assumir novos trabalhos como free-lance.
O motivo dessa pausa é um misto de estress com interesses particulares.

Há muito tempo venho querendo me dedicar mais aos projetos de Software Livre que participo (especialmente o Drupal Brasil e o Seagull, e mais recentemente o CakePHP), no entanto tem faltado tempo para isso. Portanto decidi terminar os trabalhos que estão em adamento e não assumir nenhum novo por algum tempo.

Como tenho meu trabalho regular durante o dia, esses extras também têm tomado boa parte do tempo que tenho para ficar com minha esposa e poder me divertir, e isso têm me estressado um bocado.

Diante desses fatos vou ficar por algum tempo sem assumir nada novo, e com o tempo vou voltar com os free-lance.

Espero dedicar 1 hora semanal para cada projeto, e se for o caso (como tenho cereza que vai acontecer), me dedicar mais a projetos de maior importância pra mim(como o Drupal Brasil), mas isso tudo sem me estressar demais.

Também é meu desejo escrever mais aqui porque eu gosto muito de escrever(não que eu tenha talento para isso), e espero que o que eu escrever seja de alguma utilidade para outras pessoas.

Grande abraço a todos!

Olá a todos!

Finalmente estou postando algo novamente! Já faz um bom tempo desde a última vez, e isso se deve, em grande parte, ao fato de eu ter ficado mais de um mês sem acesso a Internet em casa.
Como muitos sabem, me casei, e finalmente(depois de 3 meses na casa da sogra), consegui ir morar no meu apartamento.
Durante esse período de transição(parte do mês janeiro e até ontem) fiquei sem internet em casa.
Com isso, muitos projetos atrasaram e agora vou ter um bom trabalho para me reorganizar.

Mas voltando a postar, gostaria de comentar sobre "semântica web"!
Andei lendo ultimamente em alguns blogs algumas coisas sobre o assunto e fiquei surpreso como coisas que deveriam ser obrigação, parecem ser uma coisa nova e nunca antes pensada... explico: em alguns lugares têm se falado de semântica web, como sendo a organização do código HTML para que o mesmo fique inteligivel tanto para humanos como para máquinas.

Pois bem, quanto a isso eu não tenho nada contra, muito pelo contrário, tenho muitos motivos para ser a favor disso, afinal sou desenvolvedor web, e nada melhor do que organização na hora de desenvolver. O que me deixou muito intrigado foi o fato de se falar desse assunto como se fosse uma coisa nova.
Esse assunto é tão antigo quanto a própria web, a diferença é que ultimamente as pessoas têm atentado mais para os padrões da web. Outra coisa que me deixou intrigado é o nome que foi dado: "semântica web". Esse termo deve ser usado com cuidado, pois há muito tempo Tim Berners-Lee já havia definido esse termo, mas com um sentido bem mais complexo do que simplismente semântica de código.

Eu vi isso acontecer com o termo "padrões da web"(Web Standards). Muita gente no Brasil, infelizmente , chama um site que está em conformidade com os padrões da web de "site tableless". O fato de um site não usar tabela na sua estrutura não o torna coformante com os padrões web, e ser conformante com a web é muito mais uma questão de necessidade do que simplismente um item de orgulho ou um site bonito.

Um site necessita fazer uso de padrões web, pois através desses padrões o site fica muito mais acessivel por todas pessoas, sejam essas pessoas com todas as faculdades normais, seja pessoas com necessidades especiais.

Espero que todos nós possamos fazer uso dos padrões da web e da semântica do código pois isso nos ajuda e ajuda a outras pessoas. Espero também que a semântica web real(aquela definida por Tim Berners-Lee) deixe o papel e entre verdaeiramente nas nossas vidas.
Por último: o fato de seu site ter o código semanticamente bem feito e estar em conformidade com padrões da web, não seja o único motivo de orgulho, pois isso não é nada mais do que a obrigação de quem desenvolve para web. Ter conformidade com padrões é importante, mas ter conteúdo bom ajuda bastante!

Abraço a todos!

Olá a todos!

Esses últimos dias, eu estive(e vou continuar) mexendo com o CakePHP. Assim, como o Ruby on Rails(RoR), o Cake implementa um modelo baseado no design pattern MVC.

Na verdade, o cake, é, de certa forma, um porte do Ruby on Rails, para PHP. Digo "de certa forma", porque na verdade não foi um port oficial, mas usou o RoR como inspiração.

A estrutura do projeto é bem semelhante, ele possui muitas facilidades do RoR, tais como:

  • Helpers
  • Componentes
  • ACL
  • Plugins

Com isso, tem-se em mãos, elementos suficientes para fazer o que o Cake(assim como o RoR) se propõe: Desenvolvimento Rápido!

O que me chamou a atenção no RoR e nos seus primos em outras linguagens é o princípio DRY (Don't Repeat Yourself). Isso é uma coisa fantástica, que, a princípio, parece impossível, mas no fim você percebe que é muito real!

Estou bastante empolgado com esse framework, principalmente porque eu gostaria de poder usar o RoR em produção e com o Cake isso fica mais próximo da minha realidade(afinal, eu não tenho um servidor com Ruby para poder usar o RoR, infelizmente).

Enfim, esse foi um relato do meu primeiro contato com o framework. Ainda tou fazendo testes. Estou desenvolvendo uma aplicação com esse framework, e uma coisa eu posso dizer: é rápido fazer o que se precisa fazer!!!

Abraço a todos e até mais!

Olá a todos!

Como alguns já sabem, me casei no dia 05 de novembro, e por esse motivo, esse site ficou um bocado parado.
Um outro fator que fez com que esse site tivesse um bom tempo sem novas atualizações, foi o fato de eu ter começado a trabalhar no SERPRO. Isso tudo tomou bastante meu tempo, e aí o site ficou meio de lado(bem como o Drupal Brasil, sorry :-( )

A boa notícia(ao menos para mim), é que agora eu vou ter um tempinho a mais. Casado e já firmado no novo emprego, vou poder realizar alguns projetos.
Atualmente estou trabalhando em alguns projetos, que listo abaixo:

  • Tradução da documentação do Drupal para português do Brasil
  • Manutenção da comunidade Drupal Brasil
  • Desenvolvimento do sistema de fórum para o Seagull
  • Estudando Ruby on Rails
  • Estudando a implementação do modelo do RoR com o CakePHP

Esses projetos acima, estão andando a passos lentos, pois são muitas coisas pra fazer e pouco tempo, por isso mesmo, resolvi dar um tempo na mudança de blog. Então vou continuar com o b2evolution por um tempo ainda.

Nos meus estudos do CakePHP, acabei me deparando com um desafio: fazer um sistema de blog completo, e não apenas o pequeno exemplo da documentação. Eu sei que isso parece uma coisa ridícula, afinal existem outros sistemas de blog perfeitamente funcionais e consolidados... no entanto eu estou querendo aprender mais sobre o framework, e nada melhor do que uma aplicação real e funcional para aprender.

Na verdade, eu queria fazer essa nova aplicação com Ruby On Rails, mas como meu servidor não suporta, e não estou muito afim de ficar correndo atrás disso, só para satisfazer essa vontade, vou fazer com o CakePHP. Pretendo continuar estudando Rails, mas com mais calma e para projetos futuros.

Por fim, quero dizer que pretendo manter esse blog mais atualizado. Sempre digo isso e sempre acho que vou dar conta... espero dessa vez realmente atualizar.

Abraços

Olá a Todos!

Há alguns dias atrás conheci um sistema de blog bastante interessante, chamado textpattern. Comecei a testá-lo e decidi que vou mudar o WebPHP para esse sistema.
A maior vantagem dele em relação ao b2Evolution é a questão de customização do layout. Isso em si, não é nenhum fator muito importante para a maioria das pessoas, no entanto, gosto sempre de mudar o visual do WebPHP, e com o b2evolution eu tenho tido um pouco de dificuldade, que, pelos meus testes, com o Textpattern eu não devo ter.

A mudança deve acontecer essa semana ainda. Para que assina a sindicalização do WebPHP, vai haver uma mudança. O link de leitura para RSS vai ser http://www.rafaelsilva.net/rss e o Atom vai ser http://www.rafaelsilva.net/atom .
Os conteúdos atuais, vão permancer inalterados, mas alguns links devem mudar. Por questão de compatibilidade, vou tentar manter o máximo desses links inalterados, mas pode haver alguns que não terei como manter.

À todos que me perguntaram se fui eu que fiz o sistema de blog, a resposta é simples: não. Tanto o atual(b2evolution) quanto o novo(textpattern) são software livre, que podem ser baixados nos seus respectivos endereços!

Abraços!

Olá a todos!

Finalmente, dois posts num mesmo mês hehe.

Recebi alguns comentários em um post antigo quando eu falava sobre Ruby On Rails e resolvi criar um novo post aqui para esclarecer minha posição sobre esse framework e sua linguagem.

Há mais ou menos a três meses atrás comecei a conhecer Ruby On Rails, e vi que esse framework tem bastante potêncial.
Como eu trabalho com Web e sou um aficcionado por novas tecnologias, eu não resisti em testar. Vi muita gente falando muita coisa diferente sobre o Rails e decidi eu mesmo tirar minhas conlusões.

No geral eu gostei muito do que vi. Tanto a linguagem quanto o framework são faceis de instalar, a linguagem é realmente muito gostosa e elegante(como o seu autor planejou) e o framework é bastante consistente.
O fato de todo o framework ser escrito fazendo uso de padrões de projeto(Design Patterns) facilita enormemente o desenvolvimento.

Talvez no meu outro post eu tenha deixado parecer que o PHP vai perder força porém quero dizer exatamente o contário, com Rails no mercado vem à tona uma coisa que é evidente para muitas pessoas há muito tempo: sem padrão de projeto, você vai bater cabeça e vai demorar muito mais para desenvolver seus projetos(profissionais).
O PHP é uma linguagem muito abrangente e que possibilita o uso de padrões de projeto. Porém até pouco tempo atrás, poucas pessoas, empresas e grupos faziam uso do PHP valendo-se desses padrões o que levou a projetos realmente lamentáveis(mais uma vez me refiro ao PHPNuke e afins).

Uma coisa que as pessoas às vezes não percebem, é que estamos comparando laranjas com maçãs. O Ruby On Rails é um framework, o PHP é uma linguagem. Não dá para comparar um com o outro. É possível se comparar e ver grandes diferenças entre o PHP e o Ruby(linguagem), mas não o Rails com PHP.

Na minha opinião o maior trunfo do Rails é a agilidade para o desenvolvedor. No entanto isso decorre do fato do uso extensivo de padrões e uma linguagem simples e concisa(Ruby). Se os desenvolvedores PHP começarem a atentar para esse fato(como de fato já vêem fazendo), veremos cada vez mais projetos bons e de rápido desenvolvimento escritos em PHP. Acredito que isso é uma questão de tempo.

Digo isso tudo pois um dos leitores desse site(Rildo Moraes), apontou dois frameworks feitos em PHP que talvez possam exemplificar bem essa situação.

Ainda não tive a oportunidade de testar nenhum dos dois, mas não tenho dúvidas que ambos são bons pontos de partida para começarmos a ver o avanço dos desenvolvedores PHP.

Enfim, acredito que o advento do Ruby On Rails só vem para botar lenha na fogueira e fazer com que a nova revolução da web aconteça de forma mais bem projetada(ao menos é o que eu espero).

Abraços!

Páginas